fbpx
(16) 3101-3031 | (16) 99285-4480 vendas@smartmachine.com.br

O que é ser empreendedor?

Apesar da relação direta, é um tanto vago, associar o empreendedor apenas a “ter um negócio próprio”. Mais do que uma função, ou uma profissão, ser empreendedor é ter um estilo de vida, um comportamento único, uma visão única.

De fato não dá para resumir o conceito em uma frase, mas se tem uma interessante para começarmos a destrinchar o tema é: “empreendedor é aquele que faz”. Podemos dar como exemplo o intraempreendedor, o funcionário que vai além de suas obrigações para entregar mais.

Ou seja, empreende mesmo não sendo o dono. Aqui fazemos a ponte com outra palavra muito interessante para definir o que é ser empreendedor: inovação. Inovar é tornar algo novo, ir além dos padrões, inventar novas formas de trabalho.

O Que é Ser Empreendedor Segundo a Visão Econômica

A escola austríaca de economia, mais precisamente por Joseph A. Schumpeter, conceitua o empreendedor, no livro “Capitalismo, Socialismo e Democracia”, como agente direto do desenvolvimento econômico.

O sistema capitalista tem como característica inerente a força denominada processo de destruição criativa, que se fundamenta no princípio de desenvolvimento de novos produtos, novos métodos de produção e exploração de novos mercados.

Em síntese, trata-se de destruir o velho para criar o novo, ou seja, é a inovação em cena. Pela definição de Schumpeter, o elemento essencial desse ‘processo de destruição’ está na figura do empreendedor.

O Que é Ser Empreendedor Segundo o Sebrae

O Sebrae propõe, numa visão mais simplista, o empreendedor como alguém que inicia algo novo, que tem a visão sobre algo que ninguém ainda vê, enfim, que executa antes, aquele que sai da área do sonho, do desejo, partindo para a ação.

Essas vertentes nos levam a crer, que ser empreendedor significa, acima de tudo, realizar, produzir novas ideias através da fusão entre criatividade e imaginação. Mas para ser um empreendedor não basta apenas ter boas ideias, mas executar acima de tudo.

Para transformar a ideia numa empresa, deve-se trabalhar e estudar muito. Então, ser empreendedor vai muito mais além da criatividade, mas no ato de encarar riscos, desenvolver e confiar na própria capacidade de tomar decisões, ter iniciativa e persistência.

Empreendedorismo Definição I: Contexto

Entre as melhores definições de empreendedorismo na web, temos essa: resolver um problema ou situação complicada. O termo é muito utilizado no âmbito empresarial, e em muitos casos, está relacionado com a  criação de empresas ou produtos novos.

Na era atual, o conceito se converge também com a livre iniciativa digital e o marketing online, ganhando força também entre a cultura de Startups (empresas novas como foco em crescimento e escala) e no LifeStyle Business (Negócio idealizado para manter um estilo de vida)

Empreendedorismo Definição II: Popularidade

O termo empreendedorismo foi popularizado pelo economista Joseph Schumpeter, no ano de 1945, como a base na teoria da Destruição Criativa. De acordo com ele, o empreendedor é um indivíduo versátil, com técnicas e habilidades para saber produzir com base no capitalismo.

Alguém que reúne recursos financeiros, organizar operações internas e consegue vendas em sua empresa. Schumpeter chegou a conceituar que a medida para uma sociedade ser considerada capitalista é saber se ela confia seu processo econômico ao homem de negócios privado, ou seja, o empreendedor.

Empreendedorismo Definição III: Inovação e Desenvolvimento Econômico

Uma das teorias mais aceitas atualmente é promovida pelo estudioso Robert D. Hisrich, em sua obra “Empreendedorismo”. De acordo com ele, o empreendedorismo é o processo de criar algo diferente e com valor, aplicando-se ao tempo e ao esforço necessário, assumindo os riscos financeiros, psicológicos e sociais correspondentes, tendo por consequência, recompensas da satisfação pessoal e econômica.

Importante destacar também que o empreendedorismo é o principal fator promotor do desenvolvimento econômico e social de uma nação. Um dos principais papeis do empreendedor é identificar oportunidades, se agarrar a elas e buscar os recursos para transformá-las em um negócio lucrativamente escalável.

Empreendedorismo Definição IV: Dados

  • Foram contabilizados, em 2009, aproximadamente 19 milhões de empreendedoras no Brasil. Em 2011, o número chegou a 27 milhões.
  • A “Global Entrepreneurship Monitor” destacou em uma pesquisa que 34% dos brasileiros adultos são empreendedores.
  • No Brasil, apenas 14% de quem empreende têm formação superior. 30% não concluíram o ensino fundamental.
  • Nos países desenvolvidos, 58% dos empreendedores possuem formação superior.
  • 37 milhões de trabalhos no país estão associados a negócios acima de 10 funcionários.

Saiba mais em: https://smartmachine.com.br/cursos/profissionalizantes/curso-interativo-empreendedorismo-2-0/

Fonte: https://mentalidadeempreendedora.com.br