fbpx
(16) 3101-3031 | (16) 99285-4480 vendas@smartmachine.com.br

A busca por cursos profissionalizantes cresce no Brasil!

Segundo dados do Ministério da Educação, em 2015 foram realizadas 1,3 milhão de matrículas de alunos nesse setor, o que indica que o curso profissionalizante é valorizado por muitas pessoas.

No entanto, muitos gestores ainda desconhecem os benefícios que esse modelo de curso proporciona aos estudantes e para a sociedade. Para saber quais são eles, acompanhe este post e descubra por que o ensino profissionalizante é tão importante no Brasil!

 

O que é um curso profissionalizante?

Bastante dinâmico, um curso profissionalizante oferece qualificação profissional em um curto espaço de tempo. Ou seja, é focado na atualização e aperfeiçoamento de áreas específicas, com maior direcionamento para o ramo que o aluno pretende seguir.

Sendo assim, ele permite a rápida inserção do estudante no ambiente de trabalho.

Sobretudo, essa metodologia de educação oferece aulas mais dinâmicas e interativas para ensinar o aluno, facilitando o aprendizado. Inclusive, muitas vezes, são utilizados recursos tecnológicos para aumentar o interesse do estudante e favorecer a retenção do conteúdo, visto que ele utiliza de meios que já conhece para estudar.

Ademais, há maior flexibilidade no horário das aulas, permitindo a conciliação com as demais tarefas do dia a dia. Dessa forma, não há barreiras para que o estudante se dedique à sua formação profissional, o que contribui para o seu engajamento em relação aos conteúdos.

Pra quem é indicado?

São indicados para os jovens que ainda não concluíram o ensino médio ou já terminaram, e precisam se inserir rapidamente no mercado de trabalho.

Ele também é uma ótima opção para os profissionais que estão formados há alguns anos e precisam se atualizar sobre as novas ocupações, novos conceitos, as mudanças do mercado e as tecnologias adotadas pelas empresas, que costumam mudar em um curto espaço de tempo.

Além disso, também é recomendado para os profissionais que pretendem agregar conhecimento a uma determinada área. Por exemplo: um jornalista que pretende se inserir no setor de marketing digital pode realizar um curso profissionalizante para aprender sobre o assunto e conhecer as influências das mídias digitais no processo de vendas.

Dessa maneira, ele não precisa investir em uma nova graduação, que levará 4 anos para concluir e obter um diploma, ou em uma especialização, que terá um alto custo. No curso profissionalizante, o profissional adquire o conhecimento necessário para atuar no mercado, de forma rápida, prática e eficiente.

Sendo assim, ele estará mais preparado para assumir uma nova função na empresa, procurar um novo emprego, mudar completamente de área ou se lançar pela primeira vez no mercado de trabalho.

Afinal, as empresas procuram candidatos qualificados, que possuem conhecimento técnico, conhecem as tendências e inovações da área de atuação e sabem aliar teoria e prática na hora de desempenhar a atividade.

 

Fonte: Ensino Interativo